Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Ladra, envenenada e sabida

Eis que numa sexta-feira de 2017, me veio a iluminação. Eu deveria ter feito História! Porra, eu tinha que ter feito História, é evidente! Por que raios eu não fiz História? Há quanto tempo ando renegando essa coisa que me consome? Que epifania, meus caros. O fluxo de consciência foi tão forte aqui, que ainda me sinto no dia da proclamação da república - não reparem, lia, há pouco, sobre as peripécias de Pedrinho II, nosso eterno monarca inconstitucional.   Gostar de História, a matéria, sempre me pareceu muito natural, muito orgânico - perguntadeira que sempre fui e deveras ansiosa por descobrir os porquês, as metades, as razões, como as coisas eram, como poderiam ter sido, já fatalmente envolvida pelos acasos da vida. Eu, com 13 anos, era uma chata insuperável, meus colegas me odiavam. Os professores, entretanto, devotavam amor eterno - carentes, que eram, de ouvidos solícitos às suas riquezas por anos estudadas. ''Vamos matar aula todos então?'' ''Claro que…