Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

EU COLOQUEI A MÃO NUM LESMÃO

E aí, lindxs? Andei meio afastadinha, sem querer querendo, porque precisava priorizar outras cositas na vida aí - como eu odeio isso de ter que escolher, nem sempre parece que opto dedicar tempo ao que é mais produtivo..... enfim, no dramas anymore. Como hoje o dia é carregado de simbolismo (não que eu dê a mínima), vou lhes contar um causo de terror que me ocorreu há uns dias.

EU COLOQUEI A MÃO NUM LESMÃO!!!
EU, BRUNA, COLOQUEI A MÃO NUM RAIO DE LESMA QUE ESTAVA REPOUSANDO NUM PANO DA COZINHA

!!!

Eu já comentei aqui uma vez que poucas coisas me aterrorizam tanto na vida quanto lesmas. Eu também acho ridículo, gente, mas não consigo evitar. Lá se vai uma vida toda tendo síncopes cada vez que vejo uma. Tempos de umidade realmente são desafiadores para mim. Até aqui vai uma dica para potenciais inimigxs - se é que eu tenho algum nessa vida -, me coloque em enfrentamento com uma lesminha marota. Qualquer armadura ou pose autossuficiente cairá por terra. Tipo a múmia lá, quando o Brendan …

Sobre eleições - que eu já estava levemente agoniadinha

Preciso escrever alguma coisa, desabafar mesmo, não é nem vontade de debater, tô cansada dessa gente que prefere alimentar discursos prontos a ler, se informar, buscar ter empatia pela situação do outro. Sei lá eu, não sei como organizar as ideias aqui - eu que, modéstia à parte, faço isso muito bem. Irônico é que grande parte do pessoal que eu vejo criticando e ridicularizando outrem em virtude da escolha eleitoral, é quem mais arrota santidade, vomita compartilhamentos sobre Jesus e sua família.... fico aqui viajando na minha bolha se a tal do ''amar uns aos outros'' não carrega um pouco desta empatia às mazelas de quem nasceu em um contexto miserável e sem perspectiva........... MAS OK

Sabe, digo isso de verdadinha mesmo, felizmente pouco importava quem fosse eleito no domingo para mim e para minha família. Como diz meu pai, ''não mamamos em partidos políticos'', não temos o rabo preso. Felizmente, nossa economia doméstica não depende de auxílios est…

Sobre leviana, Groucho Marx e seu curso pra aturar, maçãs coradas e Freak Scene

E aí, também estão com os cabelos em pé com PT, PSDB, Dilma, Aécio, Esquerda, Direita, Sartori, Tarso, ataques, Petrobrás, aeroporto, delação premiada, propina, debate, meme do twitter, leviana, não levanta o dedo pra mim, vinte listas que você tem que ler antes de votar, Tancredo, Minas como nova Pasárgada e etc, etc, etc? Eu tô, mas tô resistindo bravamente.
Eu tô amando a gente bem empolgado com esses trastes em quem temos que votar, porque isso se opõe à máxima de que não ligamos para esta lady, a política. A gente tem que ligar e muito para política. Tem que se envolver, ler, pesquisar, ler muito, procurar enxergar variadas realidades por diferentes janelas, debater - não brigar e partir para a ofensa pessoal, mas, entretanto, se afastar lindamente caso testemunhemos algumas opiniões muito cagadas. Vai despistando, saca? Muito já fiz, laconismo se aprende. Ou beba, tal qual Groucho Marx, que aí as coisas ficam mais interessantes. Vomite tudo depois, a propósito.
A gente pode vot…

Confissões de Brunescente

Sempre, desde nova, tive um ímpeto maria-marianesco de cultivar diários, agendinhas, anotações. Uma necessidade introspectiva de caçar palavras para registrar minhas impressões sobre os dias. A diferença é que meus escritos seguem no anonimato, enquanto os da Maria Mariana - filhota do Domingos - deram cria e se transformaram em série de televisão e filme, leia-se Confissões de Adolescente. Para ser franca, nem sou fã dela - sou é entusiasta disso que ela fazia, incentivada pelo pai. Se eu pudesse deixar um recado às gerações mais novas, seria esse: não se preocupem tanto em deixar fotos na frente do espelho para a posteridade; escrevam, meus queridos, teatrizem, roteirizem a vida. Adociquem o amargor dos dias.
Achei uma aqui, perdida e acuada em meio à bagunça dos gibis, medalhas de interséries e revistinhas de signos - aquela máxima da adolescência (como se eu não buscasse comparações astrais até hoje no Personare, né, mas tudo bem, vamos supor que eu seja adulta). Mas voltando à ag…